29 de julho de 2014

VLOG: Conheça o "Falando de Maico", um canal descolado para celebrar a vida de Michael Jackson

Paula Soares: Beijos para os amigos e fãs de Michael Jackson

Sempre apostamos nesses fãs brasileiros que demonstram e compartilham seu amor.
Sem eles, o movimento "Michael Jackson" no Brasil não iria além de fãs com suas lindas fotos segurando álbuns nas mãos, apenas entrando em debates nas redes sociais, ou, como costumamos ver, publicando vídeos de outros países e lamentando o fato de que no Brasil, a comunidade de MJ é pouco ativa.
Logicamente, vindo de fãs, tudo é lindo e tudo vale a pena em nome de Michael Jackson, mas esses fãs que "dão a cara a tapa" contribuem, em muito, para o legado do eterno Rei do Pop.
Por isso, é com grande alegria que apresentamos o Vlog "Falando de Maico".

18 de julho de 2014

Rumor: Xscape PODE ser relançado até o final de 2014 com seis canções inéditas!

Vamos faturar: Xscape é uma mina de ouro!
Segundo informações EXCLUSIVAS obtidas por Damien Shields, a Epic Records e o Espólio de Michael Jackson , planejam um re-lançamento do álbum até o final de 2014, época favorável para o mercado fonográfico em função do Natal.
Segundo revelou em seu artigo, Damien disse que canções previamente descartadas álbum, que hoje se encontra nas prateleiras das lojas, poderão estar presentes na nova edição.
A suposta "nova iniciativa" da gravadora e o Espólio de Michael Jackson aconteceria em função  do estrondoso desempenho de Xscape.
"Hot Fun In The Summertime" e "I Was The Loser" seriam duas de seis músicas presentes na nova edição, que pode trazer para a luz, faixas que foram descartadas, já que 14 músicas foram trabalhadas para o lançamento de Xscape.

11 de julho de 2014

VLOG: Lara está de volta no "Vida de MJFan" e conta mais 10 curiosidades sobre Michael Jackson

Mais 10 curiosidades sobre o Rei do Pop!

Lara Silveira, a criadora do videoblog  "Vida de MJFan", está de volta!
Já falamos sobre Lara AQUI NESSE LINK.
Desta vez, Lara comenta mais 10 curiosidades sobre Michael Jackson em um vídeo rapidinho e animado!
Preste atenção em como ela entra na tela! Qualquer semelhança com MJ ao entrar no palco em suas turnês, NÃO é mera coincidência! Achamos super divertido!
Parabéns Lara!

Campanha: Tributo MJ MP3 - Participe!

A Rádio MJ Acervo Digital (www.mjacervodigital.com) e o MJ VIP Club querem saber:
Por que você é fã de Michael Jackson?
O criar da MJ Acervo Digital é criar vinhetas com os áudios enviados pelos fãs do Rei do Pop.

Com participar:
1. Grave sua homenagem ao Michael informando seu nome,  cidade, estado e explique por que você é fã de Michael Jackson.
2. Envie sua gravação para o email:  mjacervodigital@gmail.com ou envie através de mensagem inbox na fanpage da MJ Acervo Digital (www.fb.com/mjacervodigital)
3. Criaremos vinhetas através de sua gravação e elas serão veiculadas durante toda a programação da Rádio MJ Acervo Digital.
4. Não há limite de tempo para a sua gravação e esperamos palavras lindas e cheias de emoção verdadeira
5. Você pode enviar quantos áudios desejar.

Aperte o PLAY e confira como ficará sua vinheta:



Participe desse GRANDE TRIBUTO ao eterno Rei do Pop!

Realização: Rádio MJ Acervo Digital
Apoio: MJ VIP Club



7 de julho de 2014

EXCLUSIVO: Entrevista com Thales Jackson, o cover gaúcho de Michael Jackson


Como todos já sabem, nós do MJ VIP Club amamos sósias, covers, performers, dançarinos, vlogueiros e fãs de Michael Jackson.
Alguns produzem megashows, outros são estrelas de videoclipes super bem produzidos e outros gravam seus próprios vídeos. Para homenagear Michael, desde que exista respeito e dedicação, vale tudo!
Para nós, todos tem o mesmo tamanho e valor, pois trabalham em nome de um amor maior ao artista mais genial de todos os tempos.
Há algum tempo temos observado Thales Pastro, Porto Alegrense de 18 anos, fundador do fã clube gaúcho de MJ e fã do Rei do Pop desde os 7 anos de idade. Unido com o amigo Marcel Marchese, Thales tem organizado encontros de fãs na capital gaúcha desde 2009 e recentemente tem se destacado no universo de fãs de Michael Jackson.
Hoje, com grande alegria, publicamos aqui em nosso humilde blog, uma entrevista exclusiva que o rapaz gentilmente nos concedeu via e-mail.
Esperamos que apreciem!
IT's All For Love! L.O.V.E.!

Confira a entrevista:

MJ VIP Club: Há quanto tempo você se apresenta como cover de Michael Jackson?
Thales Jackson: Minha primeira apresentação foi na escola aos 10 anos. Dancei "Billie Jean"!!!

MJ VIP Club: Como sabemos que a mídia sempre tentou denegrir a imagem de Michael, você sente que existe preconceito em relação aos fãs e aos covers do Rei do Pop? Já foi vítima de ataques em função de representar Michael?
Thales Jackson: EU nunca passei por isso! Muito pelo contrário, tem festas em que me apresento, que as pessoas me tratam com um carinho e conversam comigo como se eu fosse o próprio Michael, principalmente as crianças, querem me abraçar o tempo todo e me falam coisas maravilhosas. Mas sei separar bem as coisas, tem muitos covers no Brasil e mundo afora que tem uma espécie de síndrome de achar que são o Michael!

MJ VIP Club: Existe uma “fantasia” em torno dos covers. O que todos imaginam é que um cover ganha muito dinheiro. Isso é uma realidade?
Thales Jackson: Olha, é relativo... Eu não ganho dinheiro nenhum com isso, não cobro muito e já fiz muita coisa de graça, e o que ganho gasto inteiramente com a minha coleção do Michael e com a organização dos encontros de fãs, acho que é o mais justo a se fazer e não me sentiria bem fazendo diferente!

MJ VIP Club: Sabemos também que existe um grande assédio das meninas em volta de covers. Como isso interfere em sua vida pessoal?
Thales Jackson: Bom, eu tenho um grande trauma por causa disso... Mas isso não é muito presente comigo também, quando acontece, não são pessoas do meu estado.

MJ VIP Club: Hoje em dia temos vários brasileiros que atuam como covers ou sósias de Michael Jackson. Existe algum que você acredite que se destaque dos outros? Quem e por quê?
Thales Jackson: Eu gosto muito do Rodrigo Teaser, conversamos e somos amigos desde alguns anos antes do Michael morrer, temos muitos pensamentos e até outros ídolos em comum, trocamos figurinhas e tudo, admiro ele, pois vejo que também, acima de cover, ele é um grande fã, ama, e defende o Michael!
Por outro lado temos covers que não parecem fãs do Michael, pois se sentem em uma competição. Acho que o Rodrigo merece o que tem, pois não compete, apenas faz seu trabalho.

MJ VIP Club: Nós acompanhamos seu trabalho há algum tempo, mas percebemos que após divulgar imagens suas vestindo uma réplica da roupa usada para criar a ilusão do holograma de Michael no Billboard Music Awards 2014, você tem se destacado. Como foi o processo da confecção da roupa?
Thales Jackson: Pois é, graças a Deus todo o esforço com a organização desse encontro de fãs e confecção da roupa valeu muito a pena, foi muito trabalhoso. Minha avó e eu que fizemos a Jaqueta, ela é uma grande costureira há mais de 60 anos, hoje ela só faz minhas roupas do Michael, fez todas, e eu amo demais todas, minha avó é a pessoa que mais me apoia nisso tudo e eu não sei o que seria de mim sem ela e nem o que vai ser quando ela me faltar. Mas inclusive agradeço muito a vocês do MJ VIP CLUB, pois foram a primeira página a divulgar a foto, obrigado de coração!!! Realmente ganhei um certo destaque depois do vídeo de "Slave To The Rhythm" e estou achando muito bacana tudo isso, já nem sei mais como agradecer os comentários maravilhosos que venho recebendo nos últimos dias por causa disso, fico sem palavras, mas vou dormir pensando em cada um deles e com um sorriso bobo no rosto!

MJ VIP Club: Sendo bem sincero: Você acredita que existe “inimizade” entre covers em função da concorrência?
Thales Jackson: Estranho, nunca parei pra analisar isso, eu realmente sou amigo de todos os covers que conheço, apesar de não ter entendimento com apenas um cover brasileiro (em função de brincadeiras que vi ele fazer a respeito de MJ), mas quem sabe isso um dia se reverta para algo bom.

MJ VIP Club: Os fãs hoje estão bastante divididos entre BeLIEvers e R.I.P.s. Teorias conspiratórias envolvendo Michael em histórias absurdas e questionando coisas incontestáveis.
Como você vê essa divisão entre os fãs?
Thales Jackson: Eu Acho uma perda de tempo, uma bobagem que já dura 5 anos, muitos argumentos sem fundamento.

MJ VIP Club: Sobre o "Xscape"... Você acha que as novas versões das gravações deixadas por Michael combinam com a discografia dele?
Thales Jackson: Não, eu achei tudo muito "Timbaland" e pouco Michael nas mixagens, as únicas que gostei foram "Loving You" e "Xscape".

MJ VIP Club: Das novas versões, qual é a sua música preferida nesse momento e por quê?
"Slave To The Rhythm" .. adivinha por quê? Hahahaha!!!

MJ VIP Club: Todos amamos o “Moonwalk”, “The Lean”e toda a dança de Michael, mas sabemos que o legado dele não seria o mesmo sem suas obras sociais. Como representante de Michael Jackson, hoje você participa ou pretende participar de algum projeto social?
Thales Jackson: Não participo, mas pretendo, É claro!

MJ VIP Club: E agora, depois de todo esse sucesso nas redes sociais, algum projeto futuro? Qual?
Thales Jackson: Realmente eu considero, pra mim, um sucesso, mas nenhum projeto, eu queria ter feito esse vídeo de "Slave" em um teatro aqui em Porto Alegre, algo mais produzido, era meu projeto... mas os preços que me cobraram pra alugar por uma tarde foram absurdamente caros, o que me levou a refletir que é praticamente impossível um artista viver de teatro no Brasil.

MJ VIP Club: Que mensagem você gostaria de deixar aos fãs de Michael Jackson, especialmente aos que acompanham o seu trabalho como performer?
Thales Jackson: Ultimamente tenho visto muitas desavenças entre fãs do Michael, gente que esquece que a mensagem principal dele era (e ainda é) o Amor. Amor ao próximo principalmente, como naquele discurso de Michael no Exeter em 2002, em que ele pede para que as pessoas olhem para quem está ao seu lado, deem as mãos e digam que amam aquela pessoa. Essa não é a coisa mais linda e pura que possa vir de um ser humano ?
Portanto acho que ele não iria gostar de ver isso principalmente entre os fãs dele, desculpem, não tenho o direito de julgar mas sei e vejo que muitos estão fazendo isso errado. Sei que lemos coisas absurdas entre RIPS e BeLIEvers, sei lá, mas contem até 10, respirem fundo, mudem a página, e respeitem a opinião do outro...
Obrigado por darem alguns minutos do seu tempo lendo essa entrevista!
Espero que tenham gostado e um IMENSO obrigado mais uma vez e de coração, ao MJ VIP CLUB e a você, Maurício, já um grande amigo, e muito querido, abraços a todos!!!

Agora que você conferiu a entrevista, assista o vídeo de Thales JACKSON performando "Slave To The Rhythm" no último encontro de fãs que aconteceu na capital gaúcha em junho de 2014:



Thales Jackson por Thales Pastro para nossos leitores:

"Hey Jackson's !!!
Pra quem não me conhece, sou Thales Pastro, tenho 18 anos e sou de Porto Alegre, Cover do Michael e criador do fã clube dele aqui do Rio Grande do Sul. Organizo os encontros de fãs desde 2009, com a ajuda do meu amigo e também fã Marcel Marchese!
Bem, Michael entrou na minha vida em outubro de 2003, eu tinha 7 anos, quando um tio meu colocou o DVD "Number Ones" no telão! Naquele dia eu fiquei dividido entre brincar com as outras crianças e sentar pra ver os clipes. Mas revezava, tenho a lembrança nítida de que me apaixonei por "Smooth Criminal", "Thriller", "Earth Song" e "You Rock my World", que até hoje são meus clipes preferidos!
Pois é .. 2003, na pior fase da vida e carreira do Michael, eu ouvia as coisas mais terríveis sobre ele, minha mãe era cruel quando falava dele, e mesmo assim, eu olhava pra ele com a minha inocência de criança e não conseguia ver nele nada daquelas barbaridades que falavam, e até hoje não vejo e não acredito. As mentiras já estão comprovadas e só os burros e ignorantes persistem num erro.
Com 10 anos fiz minha primeira apresentação, no colégio, com "Billie Jean", e desde então homenageá-lo é mágico pra mim, e não perco uma oportunidade de fazer isso, mesmo sendo de graça (verdade). Pra mim o importante é estar no palco, coisa que agradeço eternamente a ele, foi ter me "levado" ao palco, onde descobri que é meu lugar e me identifico com ele por isso. Estou começando minha carreira como ator e comprovei isso a mim mesmo !
Enfim, já são 11 anos de amor por esse ser humano que mudou minha vida. Amo-o mais do que tudo, sem vergonha de dizer, um amor puro como de filho para pai, como de irmão, como de melhor amigo, inexplicável, mágico, só quem é fã, dele, entende !!
Muito antes, e acima de cover, eu sou um fã que o ama e defende, agradeço por todos os ensinamentos que vou levar pro resto da minha vida. Agora já são 5 anos de saudade e uma dor que eu e muitos de nós fãs ainda não sabemos lidar ... vontade de acordar e pensar que tudo foi um pesadelo !
Uma pena que a humanidade tenha o crucificado tanto e nunca o compreendido. Talvez os tolos não estivessem dispostos ou preparados pra receber um ser com tamanha pureza, inocência, e luz... Um verdadeiro anjo que veio pra tentar salvar o planeta, e fez sua parte maravilhosamente bem!"
(Thales Pastro - 07/07/2014)

Endereços de Thales Jackson online:
Página oficial no Facebook: www.fb.com/Thalesjackson
Página de fãs: www.fb.com/fansThalescoverMJ
Página pessoal: www.fb.com/thalespastro1

Imagens: Arquivo pessoal Montagem: Code Art Design
Entrevista por: Maurício Code - Via MJ VIP Club


5 de julho de 2014

Sete coisas que a cultura pop aprendeu com Michael Jackson

Há cinco anos, em 25 de junho de 2009, a figura mais evidente da cultura popular contemporânea nos deixou depois de ter cravado o nome na história como o Rei do Pop. Michael Jackson tinha 50 anos de idade quando morreu, e com batidas pop definitivas, danças e figurinos inovadores, contrapostos a uma vida de superexposição agressiva, cheia de paradoxos, deixou ensinamentos para, pelo menos, o próximo meio século.

1: Batidas pop
“Don't Stop 'til You Get Enough”, “Billie Jean”, “Beat It”, “Thriller”, “I Just Can't Stop Loving You”, “We Are the World”, “Bad”, “Black or White”. A lista de hits definitivos com a assinatura de Michael Jackson é infinita. Interpretações expressivas, recheadas de soluços e suspiros – com entonação singular – em meio a batidas contagiantes e dançantes fizeram dos discos de Michael verdadeiras cartilhas para a música que desejava ser pop a partir do fim da década de 1970. Desde então, todo o universo pop veio atrás do que ele estabeleceu.

2: Danças marcantes 
Andar para frente e para trás ao mesmo tempo. Foi com o passo de dança moonwalk que o artista promissor se tornou celebridade. Durante o especial de 25 anos da Motown – que foi ao ar na NBC em 1983 –, Michael cantou a então nova música, “Billie Jean”, e durante a apresentação mostrou pela primeira vez o passo que se tornou marca. Além disso, as viradas bruscas e coreografias, que casavam com maestria com os ritmos pop, entraram praticamente para o DNA da humanidade.

3: Clipes superproduzidos 
Antes das marcas de celular patrocinarem tudo, a possibilidade de juntar dança, figurino e música fez do videoclipe uma arma - utilizada por Michael Jackson como ninguém. Histórias como a de “Thriller” (talvez o clipe mais famoso de todos os tempos) e “Black or White” abriram portas para novas maneiras de se aproveitar o conceito de videoclipe. Roupas caras, locações inusitadas, dançarinos e cenas complexas engordavam a conta das produções em vídeo de Michael, colocando-os na lista dos mais caros de todos os tempos. Além disso, os clipes de Michael reuniram uma variedade de celebridades e grandes diretores (como Martin Scorsese e Spike Lee), e alguns deles passavam dos dez minutos de duração, como “Thriller”, com quase 14, e “Bad”, que bate os 18 minutos.

4: Figurino 
Poucos artistas na história olharam com tanto carinho para roupas e figurinos. A sensibilidade artística para escolher o que e quando usar foi um dos recursos de Michael para ir além das canções. A criatividade do músico perfeccionista só seria completamente exercida se além de músicas e passos de dança, Michael também eternizasse seus figurinos no imaginário popular. Além da clássica combinação de luva e meia branca, o rei usou ternos com brilhantes, óculos escuros, calças e peças que se tornavam cada vez mais ousadas com o passar da carreira dele. Não é à toa que Lady Gaga não chega a ser tão chocante hoje em dia.

5: Engajamento político 
A conturbada vida pessoal de Michael Jackson nem sempre é vista com simpatia, entretanto, o músico se provou preocupado com as causas humanitárias em diversas ocasiões ao longo dos anos (ele certamente não foi o primeiro artista a fazer isso, mas depois dele isso se tornou uma prática mais comum entre as celebridades). A segunda turnê de Michael, a Dangerous World Tour, aconteceu entre os anos de 1992 e 1993, tendo como objetivo arrecadar fundos para a Heal the World Foundation, criada pelo próprio Michael a fim de oferecer recursos para crianças carentes.

6: Popstar excêntrico 
Sim, temos celebridades excêntricas aos montes hoje, mas nenhuma dela passou pelo que Michael passou. Tudo que cercava o artista pop definitivo fazia dele uma figura quase mítica, irreal, acima de todos os mortais. Michael queria tudo ao mesmo tempo, tinha uma vontade incessante de ser maior que todos. Ambição que ia além do personagem épico dos clipes e se estendia à figura pessoal do Rei. Michael reinventou a mídia, fez da própria vida um reality show. Não dava um passo sem ser registrado. E o que teve como trunfo, no fim da vida, foi justamente o que lhe degradou. Tornou-se uma caricatura dele mesmo, trocou as luzes dos palcos pelos flashes dos paparazzi, sofrendo da superexposição agressiva de que gozava.

7: Herdeiros 
É impossível não considerar que todo músico pop atual é influenciado, de alguma maneira, pela carreira de Michael Jackson. Entretanto, alguns artistas parecem ter absorvido de maneira mais intensa a obra de Michael. Além de ter aprendido a usar dança e figurino para criar clipes icônicos, Lady Gaga não esconde a admiração pelo Rei. Há dois anos, ela chegou a comprar 55 itens do figurino de Michael em um leilão, gastando centenas de milhares de dólares. Musicalmente, Justin Timberlake tem uma afeição grande pelas batidas de Michael, assim como pela voz do rei. Recentemente, no álbum póstumo de Michael, Xscape, Timberlake participou da música “Love Never Felt So Good”.


Fonte: Rolling Stone


3 de julho de 2014

MJ VIP Media: Bad25 - Documentário COMPLETO para assistir e baixar

Em 2013, a comunidade "MJFanForum" finalizou uma das mais aguardadas e requisitadas traduções do universo dos fãs de Michael Jackson: A tradução e legendagem Bad25 em português do Brasil.
Recentemente, após o canal MULTISHOW ter anunciado a exibição do documentário legendado em português durante o mês do especial "5 anos sem Michael Jackson", fãs manifestaram insatisfação, já que o canal exibiu o documentário de duas horas, em apenas duas partes de 30 minutos.
Bad25 foi lançado originalmente com mais de 2 horas de duração, mas o DVD original não possui legendas.
Isso impossibilitou a compreensão de fãs de vários países.
No Brasil o DVD nem chegou a ser comercializado e fãs, que compraram o documentário através do site oficial de Michael Jackson, ficaram decepcionados pela falta de legendas.
O documentário dirigido por Spike Lee mostra os bastidores da produção do álbum Bad.
Nele há depoimentos de artistas, diretores, compositores, músicos e produtores que trabalharam com Michael na produção do álbum.
Estamos republicando o link para que nossos seguidores possam assistir e baixar.

CLIQUE AQUI para assistir e baixar.

Parabéns ao pessoal do MH Fan Forum e especialmente ao amigo D@N!3L jAcKsOn, responsável pelas legendas desse e de muitos outros conteúdos sobre Michael Jackson.

Por: www.mjvipclub.com

Fontes:
Conteúdo publicado no blog: http://michaeljacksonetcetal.blogspot.com.br
Documetário BAD 25 traduzido por: D@N!3L jAcKsOn
Comunidade: https://www.facebook.com/MJFanForum